Normas para Publicação

ANAIS DO I CONACSO

 

DIRETRIZES PARA AUTORES

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

 

  1. INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS

O trabalho de confecção dos Anais Eletrônicos do I CONACSO com ISSN não se fará a partir dos textos em PDF já remetidos que, sim, estão disponíveis a todos já em nosso site. Para que os Anais Eletrônicos do I CONACSO sejam um produto na qualidade que desejamos isto nos exigirá um dedicado trabalho editorial.

Os autores de trabalho terão a oportunidade de reenviar seu trabalho na íntegra, exatamente com o mesmo título, porém, desta vez, em DOC. Certamente, os que desejarem fazer eventuais retificações pós-debates em seu GT têm esta chance dado o novo prazo mas o que é fundamental é que este seja reenviado ao Congresso na Área do Congressista dentro rigorosamente do prazo estipulado e em acordo com as normas de formatação do Congresso já divulgadas.

Os trabalhos completos, respeitadas as normas de formatação, serão publicados nos Anais Eletrônicos do Congresso no sítio www.conacsoufes.com.br.

 

  1. AOS AUTORES

– Trabalho completo entre 10 e 15 páginas (formato A4), incluindo figuras e bibliografia. Trabalhos em desacordo serão avaliados pela Comissão Editorial dos Anais.

 

  1. NORMAS

– Margens da página de 3 cm, superior e à esquerda; 2,5, inferior e à direita.

– Cabeçalho superior: I CONACSO – Congresso Nacional de Ciências Sociais: desafios da inserção em contextos contemporâneos. 23 a 25 de setembro de 2015, UFES, Vitória-ES. Centralizado. Fonte Calibri, tamanho 11, negrito.

– Título do trabalho aprovado (não alterar o título do trabalho enviado). Fonte Times New Roman, tamanho 12, negrito, caixa alta, à esquerda. Espaçamento 1.5.

– O nome completo do autor, logo abaixo do título, à direita, em fonte Times New Roman, tamanho 12, sem negrito. Abaixo, vínculo institucional, em fonte Times New Roman, tamanho 11, sem negrito acrescido, preferencialmente do título acadêmico e e-mail. Espaçamento 1.

– Resumo com espaçamento simples em fonte Times New Roman, tamanho 11, com até 200 palavras, seguido, logo abaixo, de 3 palavras-chave em minúsculo e separadas por vírgula. Os termos resumo e palavras-chave ou abstract e keywords ou resumén e palavras-claves em negrito seguido de dois pontos com apenas a primeira letra maiúscula.

– O texto deve ser redigido em *.doc (Word), em fonte Times New Roman, tamanho 12; espaçamento 1,5. Cada parágrafo inicia-se com o deslocamento de 1,25 cm em relação à margem.

– Os subtítulos do desenvolvimento do trabalho devem ter fonte Times New Roman, tamanho 12, negrito, justificado, sem deslocamento para parágrafo e são numerados em arábico. Não numerar: Apresentação ou Introdução, Conclusão ou Considerações Finais, Referências.

– Citações de menos de três linhas no corpo do parágrafo e com aspas. Citações de mais de três linhas tem espaçamento simples e fonte Times New Roman, tamanho 11, com recuo à esquerda de 4 cm. Sistema de referência (autor, ano, p.). Ex:

Como salienta Juremir Machado da Silva, Freyre se preocupa mais com “as singularidades dos processos do que com as leis e regularidades” (SILVA, 2010, p.88).

– Notas de rodapé exclusivamente de caráter explicativo, fonte Times New Roman, tamanho 10 e espaçamento simples, inseridas na mesma página. Bibliografia final organizada segundo as normas da ABNT.

– Para as referências apresentadas ao final do trabalho, observar os exemplos a seguir:

Livros

ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas: reflexões sobre a origem e a difusão do nacionalismo. São Paulo: Cia das Letras, 2008.

Capítulo de livro

ARAÚJO. Ulisses Ferreira de. Moralidade e indisciplina: uma leitura possível a partir do referencial piagetiano. In. ______. Indisciplina na escola: alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 1996, p. 103-116.

Dissertações e teses

LERBACH, B. C. Dos movimentos sociais para o Estado: um estudo das carreiras de ativistas ambientais no Espírito Santo. 2015. 153 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2015.

Artigos

ABERS, R.; VON BÜLOW, M. Movimentos sociais na teoria e na prática: como estudar o ativismo através da fronteira entre Estado e sociedade? Sociologias. Porto Alegre, ano 13, n. 28, set./dez. 2011, p. 52-84.

Papers em congressos e outros

NEVES, Cleiton R. das. Discutindo identidades: Manoel Bomfim e o discurso identitário Latino-Americano. In: I SEMINÁRIO DE PESQUISA DA PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA – UFG/UCG. set. 2008, Goiânia. Disponível em: Acesso em: 15 jan. 2014.

Matérias de jornal sem assinatura

A TRIBUNA. Coleta de lixo gera revolta em Laranjeiras. Vitória, 23 out. 1978.

Documentos de autoria corporativa

ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Perfil da burocracia. Base de dados em Excel. Brasília: ENAP, 2015. Disponível em: <http://www.enap.gov.br/web/pt-br/burocracia-de-infraestrutura-no-governo-federal>. Acesso em: 14 jul. 2015.

Legislação e similares

BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 8.243, de 23 de maio de 2014. Institui a Política Nacional de Participação Social – PNPS e o Sistema Nacional de Participação Social – SNPS, e dá outras providências. Diário Oficial da União, seção 1, ano CLI, n. 98, Brasília-DF, segunda-feira, 26 de maio de 2014, p. 6. Disponível em: Acesso em: 14 jul. 2015.

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. Recurso Extraordinário 581.488. Audiência Pública: internação hospitalar com diferença de classe – SUS. 2014. Disponível em: . Acesso em: 10/08/2015.